quinta-feira, 8 de julho de 2010

Na mesa de cabeçeira


Apesar de viverem em Londres, os Martinelli continuam a ser uma típica família italiana: sempre a discutir, a comer e a amar. Pieta, a filha mais velha, tem 30 anos e é solteira, facto que a coloca sob a mira dos pais, principalmente agora que Addolorata - a sua irmã mais nova - vai casar. Uma vez que desenha vestidos de noiva, Pieta foi encarregada de fazer o vestido mais importante da cerimónia, mas uma série de segredos de família atrai a sua atenção. Porque é que o pai está sempre a discutir com um vizinho italiano? Qual será a causa da tristeza da mãe? E será possível que o homem por quem ela sempre alimentou uma paixão secreta esteja prestes a casar-se com outra pessoa? Decidida a ajudar a irmã, Addolorata planeia dar um empurrãozinho ao destino no dia do seu casamento. Mas o resultado vai ser surpreendente e nada vai acontecer conforme o planeado…


Da mesma autora de Caffè Amore e A Filha do Pescador.





Já no ano passado este livro foi e veio de férias! Das férias de Maiorca e do Algarve...

Este ano fiz uma nova tentativa de o levar a Menorca, mas mais uma vez voltou sem ser lido. É um livro bem viajado! :-) E não é porque acho que não vou gostar dele, porque se for tão bom como os outros livros da mesma autora, vou gostar bastante! Mas porque o que me tem acontecido é que vou de férias com a cabeça tão cansada que ler livros não é o que mais me apetece (ao contrário do passado, em que aproveitava as férias para devorar vários livros). Apetece-me leituras mais leves, como revistas.

Entretanto permanece na minha mesa de cabeçeira, para ver se o consigo ler antes das próximas férias. Porque senão com que desculpa é que eu vou comprar o mais recente livro dela - Os Ingredientes do Amor (Junho 2010)?!?!  ;-)

2 comentários:

By Deva disse...

Nunca li nada dessa autora, mas parece-me ser tipo Sveva casati, não? Se for, irei gostar ; )
Bom fim de semana*

PL disse...

Sim, pode dizer-se que é o mesmo tipo de livro. Não tanto o mesmo tipo de escrita... Mas a Sveva é uma das minhas escritoras preferida.
Boa semana!