quinta-feira, 13 de maio de 2010

Intervalo para dançar

Ontem à noite não fizémos bem um "intervalo para dançar", mas um intervalo para ir ao teatro. Eu e o maridinho gostamos muito de ir ao teatro mas agora já não íamos há algum tempo. A última peça que vimos, em Março (penso eu...), foi o Clube de Comédia, com Francisco Menezes, Eduardo Madeira, Aldo Lima, Óscar Branco, Bruno Nogueira e Nilton. Cada um ao seu estilo, uns melhores que outros... mas em suma, não achei bom o suficiente para sequer mencionar aqui no blog...




Mas a peça de ontem foi diferente, já que o encenador é colega do marido e a peça tem a participação especial de uma outra colega de ambos, que tem uma voz fantástica, que não nos cansamos de ouvir!


É bom incentivar as artes e a cultura. É bom viver rodeado de arte! E é bom saber interpretá-la e traduzi-la em beleza e sensibilidade...


Citando o Papa Bento XVI, no seu discurso de ontem no CCB no Encontro com o Mundo da Cultura:


Vós, obreiros da cultura em todas as suas formas, fazedores do pensamento e da opinião, «tendes, graças ao vosso talento, a possibilidade de falar ao coração da humanidade, de tocar a sensibilidade individual e colectiva, de suscitar sonhos e esperanças, de ampliar os horizontes do conhecimento e do empenho humano. […] E não tenhais medo de vos confrontar com a fonte primeira e última da beleza, de dialogar com os crentes, com quem, como vós, se sente peregrino no mundo e na história rumo à Beleza infinita».


Deixemo-nos, pois, tocar. E procuremos rodear-nos de beleza nas suas várias formas no nosso dia-a-dia, para termos uma vida menos vulgar.

1 comentário:

By Deva disse...

Também gostei de ouvir essa mesma mensagem do santo Papa :)
Bom Domingo*