segunda-feira, 11 de julho de 2011

Caixinha de memórias

Como eu referi neste post, o tempo passa muito rápido... Os nossos filhos nascem e temos muitas intenções, mas eles crescem num instante e enquanto tentamos ser pais perfeitos, o resto da vida continua a girar, as solicitações são mais que muitas e tentamos fazer uma série de coisas em simultâneo. Algumas conseguimos, outras ficam pelo caminho, como foi o caso do projecto fotográfico.

Uma das ideias que tinha para a minha filhota era fazer-lhe uma caixa de recordações. E esse é um projecto que até agora tem sido bem sucedido! E acima de tudo porque é um projecto simples, que não requer muito tempo e nenhuma habilidade! Acessível a toda a gente! Mas é um projecto que pretendo que dure por vários anos, até poder ser ela, se quiser, a dar-lhe continuidade.

Então só precisamos de uma caixa a gosto - cartão, plástico, verga, grande, pequena...(cada um decide o que é melhor, função do tipo de recordações que pretende guardar lá dentro) e muuuito amor! :-)

A caixa da minha pipoca é rectangular, de cartão, às risquinhas azuis e brancas. E pretendo guardar nela pequenos tesouros que acho que ela um dia vai gostar de ver e que vão, todos juntos, constituir uma pequena amostra do percurso de vida dela, que espero cheio de boas e felizes memórias.



Até agora tem lá dentro a minha bolsa de grávida, com o meu boletim de grávida e as ecografias dela (em papel e CD), as nossas pulseiras de maternidade, a sua 1ª camisinha (que tem o ano de nascimento bordado!), o gorro que usou mal nasceu, uma das suas 1ª fraldinhas (tão pequeninas!!!) - acho que ela vai adorar ver o tamanho das fraldas de recém-nascido, os sapatinhos que usou no dia do baptizado, os santinhos, o missal e o diploma desse dia, os jornais do dia em que nasceu - para memória futura... E se calhar mais algumas pequenas coisas que agora não me estou a lembrar...

E agora é só ir continuando, em cada etapa da vida dela, a guardar objectos marcantes para mais tarde recordar!


"O que acumula muitas recordações felizes na infância, já está salvo para sempre."

Dostoievksi

2 comentários:

Sandra de Sá disse...

Acho esta ideia linda!E também pretendo fazer o mesmo, já tenho uma caixinha, onde já coloquei algumas lembranças, vai constar o diário de gravidez que estou a escrever, o teste de gravidez que guardei, o convite para o chá de bebé, o marcador oferecido, entre outras coisas...

Kyla disse...

Lindo...
Tenho uma pequenina de 16 meses e por acaso tb tenho guardadas muitas coisas de momentos especiais, inclusivé 1 fralda de cada tamanho, lol!